PDT define regras para a convenção estadual

A comissão estadual provisória do PDT definiu em reunião na segunda-feira (10), em Porto Alegre, os critérios para a realização da convenção estadual que no dia 5 de novembro escolherá a nova direção partidária. Uma comissão eleitoral deverá conduzir o processo, conforme ficou acertado entre o atual presidente do PDT, Romildo Bolzan Jr., que disputa a reeleição, e o secretário do Gabinete dos Prefeitos, Afonso Motta, candidato à presidência do PDT.

A equipe dos dois postulantes ao cargo debateu o critério para indicação dos delegados que votarão na convenção, assim como a realização de debate antes da escolha do novo presidente. Também foi definido que a convenção do dia 5 de novembro será das 9h às 14h, permitindo a participação das delegações do interior. Conforme a sugestão encaminhada pela executiva nacional, a inscrição das chapas será realizada cinco dias antes da convenção, ou seja, dia 31 de outubro. Para presidir a comissão eleitoral, houve consenso na indicação do atual advogado do PDT, João Afonso da Camara Canto. Essas deliberações serão encaminhadas para aprovação da executiva nacional.

Além do presidente do PDT, Romildo Bolzan e do secretário Afonso Motta, também participaram do encontro o atual vice-presidente do PDT, Flavio Lammel; o deputado Giovani Cherini; o advogado João Afonso da Camara Canto; o ex-deputado Ney Ortiz Borges; Alexandre Rambo, ex-secretário da Juventude de Porto Alegre; Arthur Souto, representando o deputado Gilmar Sossella; Márcio Oliveira, e o suplente de deputado federal Flávio Zacher.

Fonte: www.pdtrs.com.br

Por: Francis Maia - PDT/RS

 

Publicação: 20/10/2011


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Eu li e concordo com os termos de uso.