Trabalhistas de Ijuí prestam homenagem a Getúlio Vargas

Trabalhistas ijuienses se reuniram no final da tarde de segunda-feira,24,  na Praça da República para prestar homenagem pela passagem dos 61 anos da morte de Getúlio Vargas. A homenagem em honra à memória do Estadista foi organizada pelo PDT de Ijuí. Lá estiveram membros da Executiva e do Diretório do partido, representantes da Ação da Mulher Trabalhista (AMT) e da Juventude Socialista (JS), integrantes da Administração e comunidade em geral. Além de discursos, o ato foi marcado pela participação de seu Rico, trabalhista histórico, declamando versos, e de dona Honorina, 84 anos, que por iniciativa própria colocou flores junto ao busto do ex-presidente. 

Presidente da República em dois períodos, Getúlio Vargas, sem dúvida alguma, foi e sempre será um dos principais nomes do trabalhismo brasileiro. No primeiro governou, criou a Justiça do Trabalho (1939), instituiu o salário mínimo, a Consolidação das Leis do Trabalho, também conhecida por CLT. Os direitos trabalhistas também são frutos de seu governo: carteira profissional, semana de trabalho de 48 horas e as férias remuneradas. O ex-presidente é reconhecido por ter sido aquele que inseriu o Brasil no cenário do desenvolvimento. Ele investiu muito na área de infraestrutura, criando a Companhia Siderúrgica Nacional (1940), a Vale do Rio Doce (1942), e a Hidrelétrica do Vale do São Francisco (1945). Em 1938, criou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Saiu do governo em 1945, após um golpe militar; no segundo governo, voltou ao poder por meio de eleições democráticas e continuou sua política nacionalista. Criou a Campanha o “Petróleo é Nosso” que culminaria na criação da Petrobras. Em agosto de 1954, Vargas se suicidou no Palácio do Catete, RS, com um tiro no peito. Os motivos, até hoje não passam de hipóteses. O que de concreto se sabe, é que sofrera forte pressão política nos seus últimos dias de governo, na medida em que a situação econômica do país não era positiva à época.  Na carta testamento, deixada por ele, uma frase permanece na memória dos brasileiros até hoje. “Deixo a vida para entrar na História”. Profecia que se concretizou. O povo Brasileiro não esquece o ex-presidente.

Para o presidente do PDT e presidente da Coordenadoria Regional do PDT no Noroeste Colonial, vereador Darci Pretto da Silva, embora tenha governado com medidas controladoras, o investimento no Brasil marca sua história. “Ele não só fez obras estruturantes para o país, como também cuidou da classe trabalhadora. A Consolidação das Leis do Trabalho, por exemplo, embora tenha várias décadas é um texto atualíssimo, visto assim por grandes especialistas”, comenta.

De acordo com o líder partidário, para os trabalhistas, Getúlio Vargas sempre será presidente, porque é responsável pelos maiores feitos da história da República Brasileira e se torna no grande inspirador de outro líder imortal: Leonel da Moura Brizola, fundador do Partido Democrático Trabalhista, junto com outros nomes de equivalente importância para o país e, principalmente, para o Estado do Rio Grande do Sul. “Não tem outro estadista, e duvido que virá, com a visão, com o talento, com a garra e com a determinação que teve Getúlio Vargas”, disse.  Pretto lembrou, ainda, os feitos de Getúlio quando fora governador do Rio Grande do Sul. Logo após assumir o Governo Estadual, em janeiro de 1928, Getúlio Vargas desencadeou um programa de reformas financeiras cujo ápice foi a criação do Banco do Estado.

“Também as lutas femininas devem muito a Getúlio Vargas”, lembrou a presidente da Ação da Mulher Trabalhista (AMT), vereadora Helena Stumm Marder. Foi com ele que a mulher brasileira ganha o direito de votar e ser votada. Isso em 1932. De lá para cá, segundo a parlamentar muitas outras conquistas aconteceram. Mas ainda há muito a avançar. 

 

Publicação: 25/08/2015


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os Termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Eu li e concordo com os termos de uso.